Mídia III

Copa Revelação/Sub-15
Escolinha B é campeã
Otávio Borba
Editoria de Esportes

O estádio Rachid B. Saliba foi palco da decisão da 2ª Copa Revelação de Futebol Sub-15. O encontro decisivo aconteceu na tarde de domingo, dia 13. Em campo, Escolinha B da Prefeitura, comandada pelo treinador José Carlos 'Vardemá' de Moraes, e Escolinha União Pedra Branca. E o time dirigido por Vardemá sagrou-se campeão. No tempo normal, empate sem gols. Com isso, a decisão foi para as cobranças de pênaltis e o placar ficou em cinco a quatro para a Escolinha B diante dos comandados de Antônio Martins e Nelinho. Na primeira etapa, poucos lances de gols, e em um deles, aos 20 minutos, o zagueiro Leonardo Fernandes acertou o travessão do goleiro Rondineli. O time da Escolinha Pedra Branca deu o troco e assustou o goleiro Felipe 'Maguila', principalmente com o atacante Alison Souza, em bons passes de Rodrigo de Deus, Diego Lima e Jean Máximo. Ainda na etapa inicial, o pequeno Diego Lima aproveitou sobra de bola e acertou o pé: a bola tinha endereço certo, mas bateu no zagueiro Matheus Cunha, que salvou o que seria
o primeiro gol da partida. Na etapa final o time comandado por Toninho Martins se manteve estável e continuou dominando. Porém, errou muito nas conclusões e em uma deles, em cabeçada do zagueiro Guilherme Carneiro, o goleiro Felipe 'Maguila' salvou a sua equipe e fez bela defesa. A Escolinha B também desperdiçou oportunidade com o atacante Otávio Milagres; ele entrou na segunda etapa e deu mais mobilidade ao time. Mas o seu companheiro Tukinha
se mostrou disperso e confuso, assim como Kadu e Luquinha, na etapa primeira.

PÊNALTIS
- O empate sem gols persistiu e a decisão da Copa Revelação foi para as cobranças de pênaltis. Nelas, o garoto Diego Lima, do União Pedra Branca, um dos melhores jogadores em campo, não foi feliz e chutou a bola de encontro ao travessão. Otávio Milagres, Gustavo Patrício, Vanizio,Tukinha e Halif converteram as cinco penalidades da Escolinha B, enquanto Alison Souza, Jean Máximo, Marcos Vinícius e Fábio Lopes marcaram para a Escolinha Pedra Branca.
Ficou determinada, então, a vitória em cinco a quatro para a Escolinha da Prefeitura B que atuou com: Felipe 'Maguila', Fabinho, Matheus Cunha, Leonardo Fernandes e Marcelinho; Halif, Gustavo Lourenço, Romany e Kadu; Lukinha e Leonardo 'Tukinha'. O treinador José Carlos de Moraes ainda contou com: Vítor, Diego Oliveira, Gustavo Patrício, Alexandre Cezário e Vanizio.
A Escola União Pedra Branca de Futebol ficou com o vice-campeonato atuando com: Rondineli,
Marcos Vinícius, Guilherme 'Carneiro', Douglas Moura e Rafael Ribeiro; Diego Lima, Flávio Enrico e Jean Máximo; Rodrigo de Deus, Alison Souza e Fábio Lopes. O treinador Toninho Martins teve à sua disposição os jogadores: Mik Ribeiro, João Paulo, Marcelo Passos, Guilherme Leonardo, William Pires e Matheus Souza. A arbitragem ficou a cargo de Marco Aurélio Fazekas.

Escolinha B da Prefeitura/SEL, comandada pelo professor José Carlos ‘Vardemá’ de Moraes conquistou o título da Copa Revelação





Itaci Florêncio (esq.), organizador da Copa Revelação, entrega troféu de campeão a Otávio Milagres, capitão da Escolinha B
Fonte: Jornal dos Lagos - 19/12/2009

1 comentários:

António Pista 1 de fevereiro de 2010 10:23  

Desses campeonatos de escalões inferiores saem grandes estrelas que os olheiros aproveitam para colocar em clubes grandes, isso também acontece por aí?

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Postar um comentário

  © Blog Otávio Milagres - Design by EMPORIUM DIGITAL

TOPO